Coxa eliminado na primeira fase da Copa do Brasil

Vergonha! Mais uma eliminação precoce na Copa do Brasil. Coritiba não consegue se impor e perde vaga na Copa do Brasil para o Manaus, time recém promovido à Série C do Brasileiro.

Primeiro tempo

O Coxa entrou em campo com Muralha, Patrick, Rhodolfo, Sabino, William Matheus, Matheus Sales, Renê Jr., Ruy, Rafinha, Robson e Sassá. Apesar da formação ser a ideal, o Coxa não se encontrou dentro de campo na primeira etapa.

O jogo começou truncado: enquanto o Coxa buscava a bola, a equipe de Manaus tentava se virar na base da marcação forte. Mesmo com a tentativa de pressão, a bola não chegou com perigo na meta adversária. E logo aos 13 minutos, Ruy sentiu, saindo para a entrada de Thiago Lopes. O Coritiba mantinha a posse de bola, mesmo com a forte marcação, porém sem conseguir chegar com perigo. A única grande chance veio pelos pés de Rafinha, que abriu espaço na pequena área, mas na hora de finalizar, demorou demais, esperando a chegada de um companheiro. A bola acabou bloqueada e saindo pela linha de fundo.

A partida continuou com pressão coxa, mas faltava agressividade e assim parecia que o 1º tempo acabaria. Infelizmente, não foi o que aconteceu. Aos 45 minutos, em jogada trabalhada pela direita, Mateus Oliveira deu uma bicicleta errada na área, mas a bola sobrou para Janeudo arrumar de cabeça na medida para Rossini mandar uma pancada no gol. A bola ainda tocou no travessão antes de entrar, sem chances de defesa para Alex Muralha. Fim de primeiro tempo: Manaus 1×0 Coritiba.

Segundo tempo

A segunda etapa começou com a mesma cara da primeira: sem substituições, o Coxa voltou tentando pressionar, dessa vez com o Manaus jogando um futebol ainda mais reativo. Logo aos 8 minutos, William Matheus cruzou pela direita e Darlan, zagueiro do Manaus, interceptou com a mão e o juiz apontou para a marca de pênalti. Era a chance do empate e possivelmente da classificação, mas Sassá bateu muito mal, para a defesa do goleiro adversário.

Aos 13 minutos, Eduardo Barroca sentiu a necessidade de mudanças e sacou o volante Renê Jr. para colocar o atacante Igor Jesus. Aos 15, Thiago Lopes cruzou em direção ao gol, e a bola passou por todo mundo e bateu na trave.

O Coxa seguiu tentando chegar, mas sem sucesso. Aos 33, Matheus Sales saiu para a entrada de Matheus Galdezani. Aos 45, em contra-ataque, Sassá sofreu uma falta violenta no meio de campo, por trás, e Panda, do Manaus, acabou expulso. Mas já era tarde, e como o Coxa pouco fez, assim terminou o jogo: 1×0 para o Manaus e Coxa eliminado mais uma vez vergonhosamente.

Coritiba do Futuro

Com a eliminação precoce, a gestão Samir Namur completa o mandato com 100% de fracasso na Copa do Brasil. A eliminação representa também um prejuízo de cerca de R$ 1 milhão, valor referente a bônus por passar da primeira fase, que poderiam chegar a R$ 5 milhões, caso chegássemos à quarta fase.

Existem informações de salários atrasados e outros compromissos atrasados, tanto para jogadores quanto para funcionários.

Comments (2)

  1. excelente texto comparativo. por mais que sejamos pacientes e compreensivos, tudo tem limite, inclusive amor pelo time

  2. Eduardo Requião Lopes dos Santos 43 anos

    Tudo de bom, novo ano inicía 2020, a oportunidades de sentivarmos o time precisamos e muito estar 100% de ir de luta estaduais paranaeses e nacionais brasileiros e série A, serão princípais focos.

    Prioridades e puder alcançar G-4, uma das vagas a Sul-Américana, mais importantíssimos e do ano maior objetivos e do Coritiba FC. anos de cautela seriedades pésinho no chão. Muitas vontade, raça determinantes…
    Coluna do Eduardo Requião Lopes dos Santos 43 anos

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.