Somos maiores

O Coritiba perdeu sua posição no G4, perdeu o começo da solidez que apresentava sua equipe, perdeu seu treinador, perdeu as últimas 4 partidas e a diretoria perdeu a ponta de credibilidade – que ainda lhe restava – frente à torcida. Estamos revoltados e com razão, tristes e desanimados, alguns até descrentes do que virá a seguir, mas meu foco não é este.

Umberto Louzer – que era apenas a ponta do iceberg de problemas do Coxa – foi demitido após a última partida, no seu lugar, veio Jorginho. O técnico não tem um grande retrospecto de seus últimos trabalhos, mas chegou com uma aparente vontade e disposição de, junto ao elenco, colocar o Coritiba na série A.

Restam apenas 15 jogos para o fim do campeonato, as 15 partidas vitais para o verdão. No mínimo, teremos que ganhar 10 delas, para atingirmos a meta de pontuação que pode nos conceder o acesso à elite do futebol brasileiro novamente.

A saída? Não sei ao certo, mas o que podemos fazer de melhor: ser a torcida do Coritiba, apoiar – apesar do desânimo e revolta – e ir ao estádio, marcar presença, fazê-los ouvir que nós estamos aqui e não abaixaremos a cabeça perante a falta de comprometimento com o clube e que nunca, nunca mesmo, deixaremos de apoiar. Somos maiores que uma péssima situação.

Teremos alguns confrontos dentro de casa nas próximas semanas, como sabemos, somos excepcionais em presença e voz no Couto Pereira. O momento não é oportuno, os números não empolgam e a exibição do futebol, menos ainda, mas temos – mais do que nunca – que fazer nossa parte. Para a próxima partida (28), teremos promoção de amigo de sócio e 50% de desconto no preço do segundo ingresso.

Juntos somos fortes, somos o 12° em campo, mesmo que o time não mereça, nós somos coxa-brancas. Ainda que a diretoria não agrade, somos coxa-brancas. Por mais que a equipe venha de uma grande queda de rendimento, somos coxa-brancas.

Não me cabe cobrar ninguém, eu também não o faria na atual situação, mas se possível, vá ao Couto, você é o Coritiba e o Coritiba somos nós! Nada, nem ninguém, vai diminuir o sentimento que carrega um coxa doido! Conto com vocês, para tentar ao máximo – por mais negativa que seja a expectativa – subir esse time, pela história gigante do clube que amamos! Bora pro Couto?

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.