Coritiba
Coritiba/Divulgação

Notícias

Com falha de Wilson e gol de Léo Gamalho, Coritiba sofre revés fora de casa

Em partida marcada por falha do goleiro Wilson e gol do Vasco validado pelo VAR, o Coritiba sofreu uma dura derrota para o Vasco por 2 a 1, neste sábado (16), em São Januário. A partida foi válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e o com a derrota, o Coxa vive o jejum de quatro partidas sem vencer na competição nacional.

Morínigo entrou em campo com a seguinte escalação: Wilson; Natanael, Castán, Henrique e Biro; Jhony Douglas (Gustavo Bochecha), Val e Robinho Waguininho); Matheus Alexandre (Rafinha), Igor Paixão (William Alves) e Léo Gamalho. A ausência na partida foi Willian Farias, por conta de um quadro viral, o jogador foi substituído por Jhony e não ficou nem ao menos no banco de reservas.

+ Todas as novidades sobre o Coritiba, aqui na Rede Coxa!

Primeiro tempo para esquecer

O início de jogo não teve muitas movimentações, seja para o lado Vascaíno, quanto para o lado do Verdão. O Coritiba com a entrada de Matheus Alexandre, optou por marcar as saídas de bola dos cariocas e isso segurou o ritmo de jogo e deixou a partida muito estudada em ambas das partes.

Até os 18 minutos os goleiros não haviam trabalhado na partida, porém, quando acionado, Wilson não deu conta do recado. Nenê chutou na entrada da área, o camisa 84 “bateu roupa” e artilheiro Cano só empurrou para as redes.

O Vasco continuou pressionando o Coritiba que não conseguia criar em campo. O Verdão não chegou no gol do time carioca e aos 36 minutos, Gustavo Morínigo optou por tirar de campo Matheus Alexandre e Rafinha entrou em seu lugar.

Mesmo mais ofensivo, o restante de tempo da primeira etapa não foi suficiente para criar oportunidade. O Vasco criava mais e o Coritiba não saiu da posição defensiva durante todo o primeiro tempo. A equipe carioca foi para o vestiário na vantagem.

Nosso time entrou com uma estratégia de tentar se defender e ter oportunidades no contra-ataque e não aconteceu. Sofremos um gol e não tivemos quase nenhum ataque. Depois, ele (Morínigo) tentou arrumar. Somos os líderes do campeonato, não temos que nos defender. Temos que jogar como líder!

Rafinha em entrevista na saída para o intervalo

Segunda etapa de superioridade do Coritiba

Diferentemente da primeira etapa, o Coritiba reiniciou a partida com um poderio ofensivo muito maior do que apresentado na primeira etapa. No primeiro minuto do segundo tempo, Léo Gamalho recebeu na entrada da área e mandou para o fundo das redes. 1 a 1 no placar em São Januário.

O Coritiba mal conseguiu comemorar o gol e o Vasco já estava no campo de ataque; aos dois minutos, após cruzamento do lado esquerdo, Nenê conseguiu escorar para o funda das redes do goleiro Wilson. O lance ficou sendo analisado por mais de cinco minutos e o VAR acabou validando o gol do experiente meia do time carioca. O Vasco assumiu novamente a frente do placar.

+ Siga a Rede Coxa no Twitter!

Mais ofensivo, o Coxa chegou com mais perigo no ataque, aos 10 minutos Igor Paixão finalizou de fora da área, mas a bola acabou subindo pela linha de fundo. Aos 19 minutos, Val arriscou com uma falta da intermediária, mas a bola saiu e passou ao lado da trave do goleiro Lucão.

Na defesa, Henrique ia segurando a barra do Coritiba, aos 21 minutos, Cano foi para cima do zagueiro, driblou na primeira vez e na segunda tentativa o zagueiro travou a finalização e desarmou o artilheiro cruz-maltino.

Aos 22 minutos, quem entrou no Coritiba foi o atacante Waguininho, após ficar de fora por conta de lesão na coxa, o extremo voltou a atuar pelo Verdão e participou ofensivamente em diversas oportunidades na segunda etapa.

Assim como toda a segunda etapa, os minutos finais do Coritiba foram muito superiores do que o do time do Vasco. Aos 40 minutos, Natanael recebeu pela direita e finalizou forte de fora da área, Lucão espalmou a bola do lateral direto Coxa-Branca. Por conta das paralizações, Wilton Pereira Sampaio marcou nove minutos de acréscimo na segunda etapa.

Mesmo dominando as ações na segunda etapa e na reta final, o Coritiba não conseguiu marcar e acabou sofrendo o revés fora de casa por 2 a 1. O Verdão entra em campo novamente na terça-feira (19), às 21h30, no Couto Pereira.

Próximos jogos do Coritiba

  • Coritiba x Sampaio Corrêa – 19/10 – às 21h30;
  • CRB x Coritiba – 26/10 – às 19h00;
  • Coritiba x Operário – 03/11 – às 17h00;
  • Náutico x Coritiba – 06/11 – às 16h30.
  • Goiás x Coritiba – 09/11 – a confirmar.