Parceiros

O anjinho coxa

Quase todos os meses notamos em telejornais, revistas ou sites de notícias alguma matéria explicando sobre a importância que o futebol tem em nossas vidas, mas, no dia de hoje, notei que as músicas das torcidas também tem um peso gigantesco.

Minha mais nítida lembrança nos estádios é a torcida cantando forte “Hoje eu vim pro Couto bem mais cedo” para levantar o time e dar forças para a vitória. E precisei levar dois versos para a minha vida: “to aqui pra te apoiar, nunca pare de lutar”.

Pedro Henrique Gaspar Wisniewski, um menino de 13 anos que cantava essa música com toda a força dos pulmões e que, em certo ponto de sua vida, ouviu dos seus amigos e familiares esses versos. Por ironia – ou injustiça, ainda não sei dizer ao certo – esse anjinho sem asas foi levado da terra mais cedo.

Seu último aniversário foi inesquecível, ele teve três convidados mais que especiais, ídolos da torcida coxa-branca na época: Rafinha, Rodrigão e Juan Alano. Me lembro do irmão mais velo dele, Gabriel, me mandando mensagem falando da alegria do menino por ter conhecido os ídolos.

Ele vai estar lá em cima, olhando o verdão jogar da vista mais privilegiada que existe e gritando mais alto que qualquer um “eu estou aqui para te apoiar, nunca pare de lutar assim como eu nunca parei”.

Descanse em paz Pedrinho, sentiremos sua falta.

 

Tags

Comentários

  • Eduardo Requião Lopes dos Santos 43 anos

    As princípais focos; e prioridades
    Coluna do torcedor
    Sou aluno especíais, Eduardo Requião Lopes dos Santos e tenho 43 anos
    19 de Fevereiro de 2020
    _ As contratações só no brasileirão série A 2020; trazermos pontuais. Ser cautelas seriedades e pézinho no chão, para puder reagir-lo estaduais paranaeses, puderão ganhasse estadual e somos recordistas de títulos 39ª.

    Clássificar em primeiro, valer mando de campo nas quartas-de-finais fazermos boas campanhas, no brasileirão entre os quatro irão a Sul-Américana, seriam nossas metas!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: